sábado, 2 de fevereiro de 2008

Tour pelos Consulados!

Para organizar melhor a viagem precisávamos de mapas e informações turísticas, por conta disso resolvemos ir direto à fonte: Consulados.
A maioria fica na Paulista e região. Então batemos bernas por aí para garimpar informações.

Começamos com o Consulado do Chile (Av. Paulista, 1009 - 11 32842044 ) porque este é o que fecha mais cedo (9h00 às 12h00). Mas não adiantou nada porque eles não dão informação alguma, mandaram a gente procurar na internet. No mesmo prédio, alguns andares para cina (16º) há um lugar chamado Pro-Chile, mas também não conseguimos muita coisa.

Desanimadas, fomos até o Consulado da Argentina (Av Paulista, 2313 9h00 às 17h00 - 11 38979522) pensando que seríamos igualmente mal sucedidas, mas para nossa surpresa, fomos super bem atendidas. Um moça nos conduziu até uma salinha separada, cheia de mapas e panfletos nas mãos pronta a nos dar todo tipo de informações. Muito bom! Adoramos!

Em seguida, andamos até o Consulado do Peru (Al. Campinas, 646 4º andar - 11 32875555 ). De todos, o mais pobrinho. Sem recepcionista, com elevador simples, mas nem por isso menos útil. O atendimento não foi muito animador, a moça nos deu apenas uma cópia de cada folheto e mapa, mas deu bastante coisa. Por sorte, encontramos dois peruanos muito simpáticos que nos deram algumas dicas.
Por exemplo, quase matei o mocinho do coração ao dizer que o cebiche é um prato típico do Chile, ele disse que há uma rixa feia entre peruanos e chilenos e esses teimam em pegar para eles todos os méritos do Peru, como o cebiche e o deserto do Atacama. Bom, não discutimos patriotismo né! Ele nos disse que o que não falta no Peru são camelôs, e assim poderemos comer à vontade na rua mesmo. As praias são memoráveis mas perigosas porque lá já é Oceano Pacífico, é diferente do que estamos acostumadas, é praia boa para surfistas.
Depois de um super tour pela região, encontramos o Consulado do Uruguai (Rua Estados Unidos, 1284 9h00 às 15h00 - 11 30856492) bem chique, casa tipo mansão, mas sem muitas novidades, a mulher nos deu mais panfletos de propaganda do que de informações turísticas.
Morrendo de fome e de calor, chegamos aonde pensávamos ser o Consulado da Bolívia na Rua Oscar Freire, mas havia mudado para Av. Paulista, 1439 9º andar, então deixamos para uma próxima vez, quando faremos Consulado da Colômbia (Rua Tenente Negrão, 140 cj. 92 9º andar - 11 30780322), Paraguai (Rua Bandeira Paulista, 600 cj. 153 - 15º andar) e Venezuela (Rua Gal. Fonseca Teles, 564 - 11 38872318) no Itaim.

Nenhum comentário: