sexta-feira, 25 de abril de 2008

Voltando para casa depois de quase 2 meses!

Hola qué tal?




Vou sentir muitas saudades de proferir estas palavras. Tudo bem que ainda escapam uns "gracias" e "holas" por aí, mas agora no Brasil a realidade é mesmo de "oi"e "brigada".



Nós retornamos de nossa super viagem pela América do Sul cheias de histórias para contar, vou tentar editar algumas ao longo das semanas aqui no blog para atualizá-lo.

Voltamos com a camiseta da Argentina e isso incomodou praticamente todos os brasileiros que cruzamos pela frente. 'Qué cosa no'!

Mais difícil do que se habituar com a vida, é escrever no teclado do Brasil, a mãozinha ainda recusa acentos, ainda procura por "n com ~", apagar os erros ou colocar "ç" ainda confunde, mas o tico e o teco logo logo aprendem o caminho de casa!

Nossa! Foi muito, mas muito bom mesmo! É estranho não passar mais as 24 horas do dia perambulando por aí com a Thati, estávamos quase virando uma entidade, de tanto tempo juntas, aliás estranho ficar em casa, depois de conhecer tantas coisas novas a cada segundo!


Fico muito feliz por ter conhecido tudo e todos que conheci nesses dois meses, de ter convivido com a Thati e aprendido tanto com ela e sobre ela!



Deveria ser obrigatório, como acho que é para os israelenses, viajar pela América para nos conhecermos, conhecer nossos irmãos, para valorizar nosso país, e para aprender que melhor do que ouvir a opinião e a realidade pela boca e pelo olhar do outro, é ir "in loco" e conferir pessoalmente.


Viajar é preciso e viver viajando é um necessidade básica de todo e qualquer ser humano! Somente nossos olhos poderão dizer o que cada lugar que visitamos significa em realidade!



Feliz por ter voltado, mas muito mais feliz por ter ido, só um pouco triste por ver que algumas coisas, infelizmente, nunca mudarão nem depois de 2 meses, 2 anos, 2 décadas...



Embora esteja falida, cansada e atrapalhada com os fusos, o bichinho da curiosdade já está a solta e novas viagens em breve serão necessárias.




Valeu pela oportunidade Tia Thati!




É isso aí!

Nenhum comentário: